Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

POESIA - O 31 não é 01.

Alguém sabe onde está ?
Dia 31 está chegando, o botão eu quero apertar, não que pare,  nem que continue, mas o que faz tudo zerar.
Dia 01 vem aí, e quero iniciar tudo novo, sim, pode ser que sejam as mesmas coisas de novo, mas iniciadas no novo ano.
Dia 31 está chegando, é momento de fechar, frases, falas, atitudes, checar os sonhos que não conseguiu realizar.
Dia 01 vem aí, e novos sonhos irei escrever, voar, viajar, conhecer, pena que talvez não seja com você.
Dia 31 está chegando, e quero chegar ao final dele bem,  chegar calmo, com tudo resolvido, nada partido, nada de inimigo.
Dia 01 vem aí e eu quero acordar, olhar para o céu ao despertar e agradecer pelo ano que virá sem ter que ficar voltando páginas para relembrar.

E se ainda existirem tristezas no dia 31 tenha certeza que elas não invadirão meu dia 01 porque onde é o fim de um é o início de tudo.

POESIA - Ela nunca

Era noite, 
e ela disse nunca ter visto o luar.

Era água, misturada com chá
e ela disse nunca ter provado.

Era o sol,
e ela disse nunca ter sentido a pele queimar.

Era a rua,
e ela disse nunca ter visto um carro passar.

Era nua,
era crua,
era pura,
só não era minha, nem tua.

E ao se abrir, 
abriu. 
Os olhos, 
a vista,
a boca,
o coração.
.
.
.
.
.
E partiu.

POESIA - Enquanto

E enquanto a dor não some, e devagar me consome, vejo que nada para, e quem não repara, para.
E enquanto a dor não vai, fica e afunda ainda mais, vejo que os dias passam, e ao passar o dia,  aumenta a angustia, a dor, a agonia.
E enquanto a dor não cala, emudeço a minha fala, coisa que é bem rara, pois a alegria, é constante em meu coração.
E enquanto a dor existe, permaneço e sigo triste, torre levada ao chão, buraco no coração, preciso dar ouvido a razão.
E enquanto olho o nada, pois apaguei o que escrevia, já que não me era boa noite, bom dia o que desenhava na ilusão. E se a lousa é limpa a louça é linda a imagem é só uma mera recordação, ilusão de que seria real.

POESIA - Eu

Hoje eu queria segurar em sua mão
e passear de mãos dadas por aí,
te levar a lindos lugares,
e te mostrar tudo o que 
nas minhas andanças
eu conheci.

Hoje eu queria mexer em seu cabelo,
e ajeitar o que o vento bagunçou,
passar as mãos, ajudar a prende-lo,
e ver os cachos que o tempo formou, 
me lembrar de como eram antes,
e ver que cresceram regados a muito amor. 

Hoje eu queria te abraçar,
e junto ver o por do sol,
sentir o vento bater,
ficar ali sentado a pensar,
que Deus nos uniu,
e nada irá separar.

Hoje eu queria te surpreender,
daquelas coisas bobas que alguém apaixonado faz,
um prato diferente, um novo lugar,
uma nova história que iremos viver,
para depois aos nossos filhos contar.

Hoje eu queria você,
na verdade não queria, quero.
Mas não te desejo só hoje,
te desejo sempre, para o sempre
para dormir e acordar, 
acordar e dormir. 

POESIA - Emudecido

Emudecer ao invés de falar,
congelar ao invés de agir,
mas uma coisa eu tive certeza,
que foi não tirar os olhos de ti.

Silenciar o meu grande querer,
emudecer todo o meu coração, 
ter que conter todo o meu sentimento,
ao invés de anunciar toda essa paixão.

E se um dia eu puder lhe mostrar,
ou te dizer quanto gosto de ti,
acho que em nenhum papel vai caber,
vão faltar palavras para te dizer, 
o quanto bem faz ao meu coração,
o quanto gosto de gostar de você.

POESIA - Caminho

E se eu passar por aí, 
não é porque quero te ver,
nem porque de uma hora para outra,
eu me lembrei de você.

E se eu passar por aí, 
não é porque não tinha outro caminho,
e nem porque tinha outro destino, 
mas a vida me levou. 

Se eu passar por aí,
é porque quero ver somente você,
porque penso em ti todos os dias,
porque não consigo te esquecer.

Se eu passar por aí,
é porque desviei meu caminho,
cansei de andar sozinho,
quero caminhar junto de você.

POESIA - Engraçado

É engraçado como tudo fica divertido,
como a vida ganha outro sentido,
como o brilho volta para os seus olhos,
e muda o seu olhar. 

É engraçado como tudo ganha cor,
e mesmo o que é azedo ganha outro sabor,
o dia e a noite se tornam um só,
mas o brilho que tem neles agora é bem maior.

É engraçado como nada existia, 
era apenas um "boa noite / bom dia",
mas foi apenas os olhos piscar, 
e toda a cena mudou de lugar. 

É engraçado e muito divertido,
ter te escolhido pra viver comigo,
não só um dia ou semana apenas, 
mas as alegrias de toda a vida. 

O riso frouxo, o sorriso solto, 
tudo com cor e nitidez,
a felicidade, a alegria,
de saber que agora chegou a minha vez.