terça-feira, 9 de abril de 2013

POESIA - Traduza


Traduzir em palavras os gestos,
os nexos e desconexos,
os encontros e desencontros,
sorrisos e choros, surpresas e tristezas.

Traduzir em frase, seja com ou sem crase, 
aquelas dores que sentimos, confetes que soltamos,
borboletas que passeiam em nossos estômagos.

Traduzir, mas não seria bem traduzir, 
seria mais escrever, descrever, tentar dizer
através de palavras o que sente, o que sinto, 
já que não minto,
e se minto, engano a mim mesmo,
pois escrevo e descrevo os meus sentimentos. 

Sentimentos ? Sente, sente-se e conte,
e cante, e dance, ame mais, minta menos.
Minta ? Não minta, sinta
e viva toda a alegria que é
viver.