segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

POESIA - Eu

Hoje eu queria segurar em sua mão
e passear de mãos dadas por aí,
te levar a lindos lugares,
e te mostrar tudo o que 
nas minhas andanças
eu conheci.

Hoje eu queria mexer em seu cabelo,
e ajeitar o que o vento bagunçou,
passar as mãos, ajudar a prende-lo,
e ver os cachos que o tempo formou, 
me lembrar de como eram antes,
e ver que cresceram regados a muito amor. 

Hoje eu queria te abraçar,
e junto ver o por do sol,
sentir o vento bater,
ficar ali sentado a pensar,
que Deus nos uniu,
e nada irá separar.

Hoje eu queria te surpreender,

daquelas coisas bobas que alguém apaixonado faz,
um prato diferente, um novo lugar,
uma nova história que iremos viver,
para depois aos nossos filhos contar.

Hoje eu queria você,
na verdade não queria, quero.
Mas não te desejo só hoje,
te desejo sempre, para o sempre
para dormir e acordar, 
acordar e dormir. 

3 comentários:

Janine Falcão disse...

Que fofo! Está mesmo inspirado.

Maria Clara disse...

Sempre inspirado né? :)
Parabéns por mais um bela poesia!!

Anônimo disse...

linda... apaixonante...