sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

POESIA - Eu senti

Eu senti
senti o baque, o choque, o golpe, 
a mão pesada, o não, o gole,
a dor, o desamor.

Eu senti,

tive paciência, 
mesmo na ausência,
e por obediência, 
esperei e não resisti.

Eu senti,

fome, frio, dor.
Abandono, desamor.
Eu senti.

Mas é preciso reerguer, 

olhar pra frente e viver
caminhar e não esquecer,
para novamente não sofrer.

Eu senti,

uma mão a me levantar,
e esperança renovar,
poder novamente voar.

Eu senti.

Senti que era hora. 
Ontem hoje, senão agora.
Não dá para esperar. 
Algo que já não demora

Eu senti.

E parti.

Nenhum comentário: