domingo, 5 de junho de 2011

POESIA - Parte I

Ela era linda e eu nunca deixava de falar ...
Mas pelo tempo e amizade construída,
ela fingia ou dizia não acreditar.

Era me cativava e eu sempre queria estar ali.
Ouvindo a falar, cantar
rir e a todos divertir.

Ela era extrovertida e tinha novidades a todo instante
Fosse de música, roupa, maquiagem
Sua energia era contagiante.

Pude vê-la acordar e constatar a verdade
Que a beleza dela irradiava felicidade,
Como os primeiros raios do Sol em um dia de Verão.
Ou o desabrochar das flores em cada início de estação.

Demorei,
mas percebi
que ela tinha roubado meu coração.

Os elogios, agora constantes,
a presença, a todo instante.
A ausência, dor marcante.

Apesar de tudo
ela não entendia o porque do meu querer
E eu querendo cantar:
"Mas eu só quero com você,
Só posso com você"

Nenhum comentário: