quarta-feira, 1 de julho de 2009

Rico Rouba ?!

Estava me lembrando de uma noite dessas.... Tinha ido pela primeira vez nessa boate na Zona Sul. Zona Sul ... Zona Sul .... Lugar chique no Rio de Janeiro.

Já na entrada, me assustei porque, ao contrário do que é realizado na maioria das casas noturnas que estava acostumado a ir, nessa a comanda é eletronica - ou seja - o cara controla a sua conta através de um cartão. Tecnologia a parte, fui lá eu para curtir.

Entrei e tentei parecer um ser normal diante de todo aquele ambiente novo para mim ... Observava as pessoas, o local, o atendimento e até mesmo como eles resolveram o problema de espaço, criando um banheiro unissex (o primeiro que eu vi funcionar em uma boate).

Lá pelas tantas, conversando com frequentadores da casa, os mesmos (que tinham se mudado para o local mais emergente do Rio de Janeiro) estavam me dizendo que, na ultima vez que tinham ido ao local, tinham ficado com o cartão de um amigo. E esse amigo tinha ido embora. E eles gastaram mais de R$ 200,00 no cartão da pessoa, esconderam o cartão e não pagaram.

Aí me vem a pergunta do título do meu post. Rico rouba ?! Bom, eu acredito que não.... Eu acredito que todas as CPI´s e tudo o mais que foi investigado no senado, no governo federal é pura falta de trabalho. Acho que a Cidade da Música foi um problema de tentativa de se economizar, bem como os anões da vida e o mensalão é invenção de jornalista, para ter o que escrever.

Para esses, não existe cadeia. O crime do colarinho branco se resume a pagar uma cervejinha para o Puliça. Existe cadeia para aquele que rouba por não ter trabalho e o que pega é apenas leite e pão, existe punição para os que, sem oportunidades na vida, vê o crime (que em muitas das vezes bate a sua porta literalmente) como alternativa ou como a ultima saida. Para esses sim existem punição.

E enquanto eles se apertam em cadeias super lotadas, existem milhões sendo desviados, com a desculpa de pagamento de salário, para uma corja residente em Brasília.

Um comentário:

Anne disse...

Eita pilantragem...