sábado, 25 de abril de 2009

A fé É cega, ou ela Cega ?!

A umas semanas atrás tive a ilustre presença de uma amiga do Ceará aqui no Rio. Infelizmente ela teve que retornar a sua terra natal e antes que ela se fosse, eu (que até o momento tinha sido um mal anfitrião) resolvi leva-la para um passeio.

Fomos a uma praça famosa aqui do Rio, onde todo domingo há uma feira hippye. Depois, caminhamos até a praia (do arpoador) para vermos o por do sol. No final de tudo, ainda demos uma volta na roda, tiramos fotos e jantamos comida japonesa.

Durante a caminhada, passamos por uma igreja. Na porta, existiam pessoas (aqui chamadas de mendigos, ou moradores de rua) que solicitavam uma ajuda, um dinheiro, um prato de comida ou algo assim. É claro que eu sei que não temos a condição de mudar o mundo, de ajudar a tudo e todos, entretanto ...

Fico pensando de que adianta irmos para a igreja, falarmos tanto de amor ao próximo e ao saírmos da igreja, não conseguimos praticar. Como diz na palavra - " A fé não é nada sem obras."

Não quero aqui jogar a igreja e/ou qualquer outra religião no chão, entretanto, isso me levou a pensar: - Será que a religião de uma certa forma, não nos ajuda a receber e aceitar a desigualdade existente nessa terra, ou a simplesmente conviver com ela ?!

Será que os sonhos que existem dentro de nós não são esquecidos, ou bloqueados por não serem a vontade de Deus, Alá, Buda, Xangô e outros Deuses, Santos ou entidades .... O que seriam os sonhos então ?! Só idéias que não podem ser realizadas ?!

Enfim, não quero aqui vir contra o movimento religioso mundial que ocorre, quando o mundo mais precisa de amor, mais precisa de paz, mais precisa de compreensão. Quero que as pessoas entendam que podem sonhar, buscar seus objetivos e ao mesmo tempo ajudar ao próximo.

E com licença gostaria de mudar e adequar a frase:
- "Fazer o bem, sem ver e nem julgar a quem!"

2 comentários:

Marcapassos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcapassos disse...

O ópio do povo rapaz, o ópio do povo.
Cegar não cega, fica falando de ajudar ao próximo, fazer caridade...
No final te pede um dinheiro e diz que voce "fez a sua parte".
grandes coisas....