quarta-feira, 17 de outubro de 2012

POESIA - Dançar alegremente

Queria voltar
voltar a dançar alegremente 
um ritmo novo, envolvente
uma dança assim, meio caliente
mas dessa vez fazer tudo diferente.

Apreender devagarinho, 

bem mansinho, com todo o jeitinho,
mão por mão, passo por passo
para não atravessar
e nem sair fora do compasso
pois o ritmo marcado
sempre abre espaço
para a improvisação.

o bailado, gingado

suingado, dançado,
na chuva, na caatinga
ou no serrado,
só abre asas a imaginação

e para isso eu preciso dizer

que não dá para dançar com qualquer uma
só com você
que me fez deslizar pela pista até o amanhecer
mesmo sem nenhum passo eu saber
só com você
só com você
consigo dançar alegremente.

Nenhum comentário: