sexta-feira, 13 de abril de 2012

POESIA - Escritos escrivinhados

Era um livro
escrito desde a infância
com palavras e poesia,
sonhos e fantasia.

Livro escrito a lápis
preto e colorido,
e com os vividos
outras tintas ao livro foram pintar.

Tinham muitas páginas
todas elas preenchidas
algumas nem muito bem escritas
mas era a vida a se desenhar.

Porém em momentos da vida,
eu esquecia de escrever.
O livro, fazia questão de perder
para momentos difíceis não registrar.

E a vida tem machucados
momentos muito amados
momentos mal amados
e momentos a se apaixonar.

Ao pegar novamente o livro
e abrir para escrever
qual foi minha surpresa ao ver
que ele começou a se apagar.

As cores voltaram ao lápis
os textos voltaram a mente
porém a vida
hoje novamente segue
mas por um caminho e com um fluxo um pouco mais diferente.

3 comentários:

Dalila Cardoso disse...

Belas palavras... parabéns!

Pri :) disse...

AMEEEEEEEI! Minha cara! Eu quero !

Suzane disse...

Que lindo...