quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

POESIA - Estou Vivo

Tou vivo ..
vive meu corpo ...
já que a mente, morta na razão ...
acompanhou o coração ...
ao ouvir palavras e impropérios ...
verdades e calúnias sobre o meu ser ...
vivo eu ...
que agora não habito em mim ...
viajo ser a vários jardins ...
querendo ser pólen a procriar ...
vivo pois ...
segundo a ciência ...
para viver basta a sapiência ...
de haver batidas do coração ...

Nenhum comentário: