quinta-feira, 12 de julho de 2012

POESIA - Nova História

Apagar as linhas,
reescrever a história,
ficam na memória,
os bons momentos de tempos atrás.
Nada é proibido,
tudo é permitido,
inclusive o choro,
pela falta que faz.
E contrariado,
porém resignado,
começo novas linhas
já que a antiga história,
não existe mais.

Nenhum comentário: