segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

POESIA - Sempre Sorrir

Sempre sorrir
mesmo que me doa os lábios
mesmo que me doa os dentes
que esteja triste
devo sempre parecer contente.

Sempre sorrir
quando o corpo dói
e o sentimento
ao coração corrói

Sempre sorrir
eu pretendo levar a vida
seja na mocidade ou na velhice
mas que nenhum momento
ou alegria
seja perdida.

2 comentários:

Pri :) disse...

isso, sorrir :)
o melhor instrumento de cura das doenças do coração ;)

Leonice disse...

Estou me vendo nessa poesia... minha cara... sorrir sempre!!! ;)